UEMASUL participa de Fórum de Pró-Reitores de Graduação, em São Luís

A atual conjuntura política nacional tem refletido e impactado diretamente no desenvolvimento das atividades das universidades, sejam elas públicas ou privadas. Neste contexto, e com o objetivo de discutir políticas no ensino superior da Região Nordeste, foi realizado em São Luís nos últimos dias 4 e 5, o Fórum de Pró-Reitores de Graduação Regional Nordeste – ForGRAD NORDESTE.

ForGRAD é um evento que faz parte da agenda da entidade de mesmo nome. Ambas têm uma forte tradição nos debates sobre políticas de graduação no Brasil. O evento foi promovido pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e contou com o apoio da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL), e de outras instituições de ensino superior.

“Este é um evento estratégico para o fortalecimento da rede das universidades. Estamos compartilhando experiências, fortalecendo nossos debates em pautas comuns e resistindo a esse cenário caótico na esfera federal, principalmente no que tange às questões relacionadas à ciência e tecnologia”, afirmou Regina Célia, Pró-Reitora de Gestão e Sustentabilidade Acadêmica da UEMASUL.

O evento levantou debates sobre a Avaliação Institucional, as Diretrizes Nacionais Curriculares, estágio, residência pedagógica, entre outros temas ligados a graduação. Para Mary Roberta, presidente da entidade ForGRAD, a avaliação do evento é muito positiva. “A palavra chave foi resistência”, afirmou. “Propomos reflexão sobre a necessidade de atuarmos em rede, na luta em prol da educação superior do Brasil”.

Anfitrião, o reitor da UEMA, prof Gustavo Pereirareafirmou a importância do ForGRAD. “Esse fórum é um espaço plural com pautas e assuntos relevantes no que diz respeito a profissionalização dos nossos jovens no ensino superior, em cada área do conhecimento e formação”.

Ao final do Fórum, foi elaborada a “Carta de São Luís”, documento que soma propostas e posicionamentos do evento. O texto foi aprovado em plenária e segue para redação final antes da publicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *