UEMASUL é credenciada pelo Conselho Estadual de Educação


A reitora Elizabeth Nunes Fernandes protocola o pedido de credenciamento ainda em Julho

A criação da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão é um marco para o desenvolvimento regional e para a democratização do ensino superior na região Tocantina, e em todo o Maranhão. E em seu caminho de implantação e consolidação, muitos desafios foram lançados, um em particular tem destaque especial: o credenciamento junto ao Conselho Estadual de Educação (CEE).

O credenciamento de uma Instituição de Ensino Superior diz respeito a atos de autorização junto aos órgãos competentes para o funcionamento da universidade. “Com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), o credenciamento das universidades estaduais deixou de ser competência do Ministério da Educação (MEC) e ficou a cargo dos Conselhos Estaduais de Educação, que são órgãos autônomos e independentes”, explicou o vice-reitor Expedito Barroso.

O pedido de credenciamento da UEMASUL iniciou em julho, quando foram protocolados diversos documentos, entre eles o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e o Projeto Pedagógico Institucional (PPI). “Na verdade esse processo iniciou bem antes, nos primeiros dias da UEMASUL quando começamos a discutir e elaborar o PDI e o PPI. Todo esse trabalho é fruto do comprometimento de toda a comunidade acadêmica”, afirmou a reitora Elizabeth Nunes Fernandes.

Após o pedido de credenciamento, o CEE nomeou uma Comissão de Avaliação que promoveu visitas e análises in locu nos dois campi da instituição para emitir parecer sobre a viabilidade da nossa universidade. “Tivemos a oportunidade de dialogar com os avaliadores e falar abertamente das mudanças e melhorias com a implantação da UEMASUL. Estamos muito felizes por poder participar ativamente deste processo”, declarou Júlio Cezar Nascimento, coordenador geral do Diretório Central dos Estudantes da UEMASUL.

O grande e esperado anúncio do credenciamento foi feito no final da tarde da última quinta-feira (14). Depois do relatório da Comissão de Avaliação e do parecer favorável da Câmara de Ensino Superior, o plenário do Conselho Estadual de Educação aprovou por unanimidade o credenciamento da UEMASUL por 5 anos, prazo máximo que pode ser dado a uma instituição. Relator da lei que criou a UEMASUL coube ao deputado estadual Marco Aurélio dar a notícia em primeira mão nas redes sociais. “A vitória confirma que o sonho deu certo. É pra valer! Parabenizo toda a equipe UEMASUL e o Governador Flávio Dino, que acreditou nesse sonho e deu toda condição para sua concretização. Agora a UEMASUL decola de vez!”, anunciou o deputado no Twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *