UEMASUL promove o I Seminário de Iniciação Científica (SEMIC)

Buscando ser referência regional na formação acadêmica e produção da ciência, tecnologia e inovação, a Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão promove dos dias 04 a 06 de dezembro de 2017, no campus de Imperatriz, o I Seminário de Iniciação Científica (SEMIC). Um dos principais objetivos do evento é divulgar os resultados dos projetos de iniciação científica desenvolvidos na instituição.

A solenidade de abertura do I SEMIC da UEMASUL aconteceu na manhã desta segunda-feira (04) e contou com a participação da Reitora Elizabeth Nunes Fernandes e do Vice-Reitor Antonio Expedito Barroso, juntamente com as Pró-Reitoras: de Gestão e Sustentabilidade Acadêmica (PROGESA), Regina Célia Costa, de Planejamento de Administração (PROPLAD) Diana Barreto e de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PROPGI) Alinne da Silva e o coordenador do evento professor Dr. Jorge Diniz. Compôs a mesa também o palestrante convidado, o Presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA), Alex Oliveira.

A acadêmica e bolsista de pesquisa, do curso de Engenharia Agronômica, Thácila Luana Lima, desenvolve o projeto ‘ Calibração do método SMP para os solos intemperizados da região sudoeste do Maranhão’, e ressalta a importância da participação do estudante na iniciação científica, para a formação acadêmica. “É na universidade que se produz conhecimento, então a pesquisa nos proporciona uma experiência além da sala de aula. É no SEMIC, que temos a oportunidade de apresentar para a comunidade acadêmica, os resultados dos nossos projetos”, ressalta.

Para a Pró-Reitora Alinne da Silva, este evento é uma oportunidade que os alunos têm para divulgar os resultados das pesquisas, além de ser o primeiro SEMIC, realizado enquanto UEMASUL. “O intuito do SEMIC, é divulgar os resultados e as pesquisas que estão sendo desenvolvida na instituição, então realizar este primeiro seminário de iniciação científica, revela o crescimento que a UEMASUL está tendo, em relação à pesquisa”, conclui.

O diretor presidente da FAPEMA, Alex Oliveira, explica sobre a importância e a contribuição da pesquisa para o desenvolvimento da Região Tocantina e da UEMASUL. “Só há crescimento da região e universidade, se houver progresso nas pesquisas. A instituição de ensino nasce por meio dos três pilares de sustentação, ensino, pesquisa e extensão. Então, a pesquisa deve sempre caminhar lado a lado com a universidade, para o melhor desenvolvimento do ensino”, afirma.

A Reitora da universidade, Elizabeth Nunes Fernandes, agradeceu o apoio da FAPEMA e a organização do evento, pela realização do primeiro SEMIC.  “Este evento é um marco para UEMASUL, por ser o primeiro SEMIC, enquanto instituição. Agradeço o apoio dos professores, acadêmicos e da PROPGI, além da parceria com  a FAPEMA, em relação às pesquisas científicas na universidade”, finaliza.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *