Semana de Cinema Africano

Semana do Cinema Africano

De 20 a 24 de novembro

Local: Estacionamento da UEMASUL

Horário: 19 horas

 

Dia 20 de novembro

Filme: TSOTSI

Sinopse: Tsotsi  é o apelido de um jovem que vive em uma região popular de Soweto, na África do Sul. Ao passar por uma infância violenta em uma sociedade marginalizada, Tsotsi  encontra-se sem opções de sobrevivência. Um dia, ao fugir de uma briga de bar, Tsotsi  tenta roubar uma carro na área rica da cidade quando percebe que no banco  de trás há um bebê. Frente ao desespero o jovem leva o bebê consigo.

Dia 21 de novembro

Filme: TIMBUKTU

Sinopse: Timbuktu está mergulhada em silêncio, portas fechadas e ruas desertas. Já não há música, futebol e nem cigarros. Acabaram-se as cores, os risos, e as mulheres tornaram-se sombras. Extremistas religiosos espalham o terror pela região. Longe do caos, nas dunas, Kidane leva uma vida tranquila com a mulher e sua a filha. A tranquilidade acaba quando Kidane mata um homem acidentalmente.

Dia 22 de novembro

Filme: Virgem Margarida

Sinopse: Margarida é uma adolescente de 16 anos que ali foi parar por engano, quando tentava comprar o enxoval para o seu casamento. Inocente, ela não tem pecados para expiar. A viverem um inferno, as mulheres unem-se num plano para poderem escapar daquele lugar. Margarida torna-se a representação de liberdade e de pureza num lugar onde, segundo uma das personagens, “o camarada é pior que o colono”.

Dia 23 de novembro

Filme: NHA FALA

Antes de partir para a Europa para continuar os estudos, a mãe obriga Vita a prometer que nunca cantará.
Em Paris, Vita conhece Pierre, um jovem músico, e apaixona-se. Radiante de felicidade, Vita solta-se e acaba por cantar e Pierre, surpreendido com o seu talento, convence-a a gravar um álbum, que se torna um êxito. Mas Vita, horrorizada pelo peso da maldição e temendo que a mãe descubra que ela faltou ao prometido, resolve regressar a casa, a África… para morrer. Com a ajuda de Pierre, Vita encena a própria morte e a ressurreição, provando assim à família e aos amigos que tudo é possível, quando se tem a coragem de ousar.

 

Dia 24 de novembro

Filme: La Noire

Do conto homônimo de Sembene, publicado em 1961, “La noire de…” conta a história de uma jovem senegalesa que vai trabalhar na França com o casal de franceses que a empregava em Dakar. Inicialmente animada com a perspectiva de conhecer a França, ela logo se vê desiludida, notando diferenças no tratamento que os patrões lhe dão. O filme trata de modo único os efeitos do colonialismo, do racismo e dos conflitos trazidos pelas identidades pós-coloniais na África e na Europa. Baseado em um caso real.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *